Classificação e Datação

classic Clássica list Lista threaded Em Árvore
3 mensagens Opções
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Classificação e Datação

Ítalo
Olá, gostei muito de seu blog, e tenho pesquisado sobre história da terra, me deparei com muitas coisas e os dinossauros são os mais fascinantes.

Tenho minhas dúvidas com a datação de milhões de anos e sobre outros fatores.

Recentemente adquiri este material http://www.revistacriacionista.com.br/fc/RCNum68Artigos.htm
que contem um conteúdo bem interessante sobre o assunto.

Como muitos tem dito que um cataclismo tenha extinto os dinossauros da terra como poderia também não ter extinto outros animais e planta que viveram na mesma época?

Tem alguma informação sobre o assunto amigo?

Agradeço desde já.
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: Classificação e Datação

Ikessauro
Administrador
A explicação dada para o desaparecimento de muitas espécies e a sobrevivência de outras é a da adaptação. A ideia parte do conceito evolutivo, ou seja, não é o maior e mais forte que sobrevive e sim o mais adaptado ao seu ambiente. Com o evento de extinto ocorrido há 65 milhões de anos grandes animais foram privados de alimento e por isso sucumbiram. Quanto maior o animal, mais comida e água ele precisa para viver. Então é fácil entender como a maioria dos dinossauros grandes foi extinta, afinal, de acordo com a teoria da extinção por impacto de um meteoro gigante, o sol bloqueou a luz que deixou de alimentar as plantas. Elas morreram e isso causou falta de alimento para os herbívoros, grandes e pequenos, que morriam de fome. Aos poucos os carnívoros maiores comeram os cadáveres, mas depois de um tempo a acabaram morrendo também quando a comida se tornou escassa. Afinal, sem herbívoros era só questão de tempo para os carnívoros se voltar para outros carnívoros, que normalmente não seriam presas de costume.
Com a mudança climática, alterou-se temperatura também e isso afetou os animais em grande escala. Quem não estava adaptado à mudança sucumbia, enquanto que animais mais resistentes, como crocodilos e dinossauros pequenos, carnívoros dotados de plumagem para aquecimento e isolamento, sobreviveram. Seus corpos pequenos exigiam pouca comida e no caso dos crocodilos nem exigiam tanto assim.
Mamíferos pequenos sobreviveram pela adaptação ao clima, pois eram animais de sangue quente e tinham pelos para isolar do frio.
Plantas sobreviveram porque são resistentes. Apesar de a maioria ter morrido, muitas raízes e sementes permanecem no solo armazenadas em forma dormente, até que possam germinar novamente se as condições forem favoráveis. Essa semana mesmo noticiaram que cientistas conseguiram fazer brotar sementes congeladas durante a Era do Gelo há mais de 30.000 anos.

Pessoalmente acredito que tentar estudar paleontologia pela visão criacionista é perda de tempo, pois sabe-se que todas as ideias são tendenciosas. Criacionistas em geral não querem entender o mundo do jeito que ele é (ou foi) de verdade, mas sim buscam alterar o mundo para que se encaixe na sua religião. Assim manipulam informações, ou mostram só partes que lhe convém fora de contexto a fim de reforçar sua crença e conseguir mais adeptos à sua causa, muitas vezes por medo de admitir que possam estar errados. Enfim, não recomendo material criacionista como fonte de pesquisa sobre evolução e paleontologia. Espero ter respondido sua questão e desculpe pela observação que escrevi, não quero ofender, mas preciso ao mesmo tempo expor minha opinião. Se tiver mais questões publique aqui, fico feliz em debater o assunto.
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: Classificação e Datação

Ítalo
Olá, primeiramente gostaria de agradecer por responder, mas...

A minha questão foi sobre a datação dos achados por uma comunidade de cientistas que não querem perder seus Status de grandes paleontólogos por descobrir um fóssil muito "antigo".

Perdão mas “tendencioso” é uma daquelas palavras geralmente usadas no Brasil para desqualificar um adversário sem precisar ter razão. Eu sempre desconfio desta palavra, principalmente quando vem de alguem que não fez o seu dever de casa(Sempre procuro ver todas as provas), isto é: Você provavelmente não leu o texto ou nem se preocupou de buscar as evidencias. Principalmente o fato mais importante da história da paleontologia [o item deste artigo http://news.bbc.co.uk/2/hi/science/nature/4379577.stm] [e também deste http://www.newscientist.com/article/dn7195-blood-vessels-recovered-from-t-rex-bone.html#.Uc-Z9_mPN2I]

Eu pertenço a área de analise de sistemas, e não posso deixar passar dados falsos para frente. Sempre filtro tudo buscando saber a verdade. Continuo a acreditar que esse métodos de datação atuais estão incorretos e deveriam ser reavaliados. http://www.youtube.com/watch?v=ff1K63m-x3w , pesquisei muito o que esse pastor falou sobre datação e realmente todos os lugares em que vi à falhas nessa datação, e para rebater esses http://erros-criacionistas.wikispaces.com/Os+m%C3%A9todos+de+data%C3%A7%C3%A3o+s%C3%A3o+imprecisos acabaram apenas confirmando que é impreciso e sendo tendenciosos por não aceitar o criacionismo ou outra teoria contraria a evolução.